Canela de Velho (Miconia Albicans) 100g

R$6,50

 

Benefícios:
Anti-inflamatória, analgésica e antioxidante, a Canela de Velho age contra dores em geral.
Presente no nordeste brasileiro, a planta de nome científico Miconia Albicans, também ajuda o sistema circulatório e controla a diabetes. Ela tem um caule fino, 1,20 metros de altura, prefere solo quentes e clima seco. Possui algumas flores avermelhadas e tem, aproximadamente, 15 tipos diferentes, sendo 11 deles eficazes contra dores no corpo.
O chá contra artrose:
A artrose ou osteoartrite é uma doença que causa muitas dores nas articulações. Mas, também, ataca outras áreas do corpo, como os ligamentos e membrana sinovial. Isso pode gerar um inchaço resultando em fortes dores, devido ao desgaste das cartilagens ósseas.
A canela de velho pode ser ingerida por meio de um chá que é concebido a partir de suas folhas. Ele agirá diretamente nessa região de dores fortes, causando um alívio, muitas vezes imediato, além de purificar o sangue.
Proteção contra o câncer
A canela de velho é um forte agente que atua nas células e previne o câncer. O flavonóide é uma substância presente nas folhas de canela e é o responsável por inibir a má formação das células, ou seja, ele retarda o possível desenvolvimento de doenças.
Além disso, ele é um forte agente contra doenças intestinais e estomacais. O enfermo deve fazer o uso diário do chá, fazendo com que a doença melhore ou até mesmo suma.
 

Sem efeitos colaterais
Muitas pessoas que começam a fazer o uso desse chá apresentam ótimos resultados após um dia de uso. O tratamento deve ser feito durante 15 ou 30 dias, porém, é aconselhável sempre acompanhamento pelo médico para o consumo.
Não há casos registrados de pacientes que tomaram e tiveram efeitos colaterais.
 

Sugestão de uso:
Infusão das folhas da Canela de Velho: Ferva 250ml de água, desligue, coloque 1 colher (chá) das folhas da erva. Aguarde 5 a 10 minutos. Coe todo conteúdo. Consuma no máximo em 24 horas. Tome de 1 a 3 xícaras por dia.
 

A diferença entre a infusão e a decocção
Quando fazemos um chá por infusão colocamos um pouco de água quente (recentemente fervida) em um recipiente com ervas e folhas e tampamos por alguns minutos para que os princípios ativos se liberem na água - é o método utilizado pelos chás prontos de saquinho, por exemplo. Já no processo de decocção, a planta é fervida junto com a água, e os compostos benéficos são extraídos durante a fervura. Por ser um processo mais lento, a decocção é geralmente utilizada para chás de raízes, caules e cascas, que precisam de mais tempo para liberarem seus ativos. Entretanto, ela pode ser usada em folhas e flores sem problemas.

 

Compartilhar: